Cinema

O Tradutor

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Em 1989, o líder soviético Mikhail Gorbachev desembarca em Cuba para uma visita à ilha comandada por Fidel Castro. Lá estão sendo tratadas, num hospital de Havana, vítimas do desastre nuclear de Chernobyl. Malin (Rodrigo Santoro, na foto), professor universitário de literatura russa, é designado pelo governo para traduzir os relatórios dos médicos aos pacientes. Ele fica responsável pela ala infantil e terá contato com crianças com câncer. Extremamente dedicado ao trabalho noturno, Malin acaba negligenciando seu casamento com uma galerista. Dirigido pelos dois filhos do protagonista, O Tradutor segue um roteiro esquemático, dividido entre um registro mais amplo sobre a situação de Cuba naquela época e a trajetória muito particular de Malin, personagem consistente e defendido muito bem em duas línguas por Santoro. Direção: Rodrigo Barriuso e Sebastián Barriuso (Un Traductor, Cuba/Canadá, 2018, 107min). 12 anos. Estreou em 4/4/2019.

Imagem: Divulgação

Mais em: Galeria Distribuidora

Mais Acessadas

Início