Cultura

FESTA DE BARÃO ABRE A PROGRAMAÇÃO DE FESTAS JUNINAS DE CAMPINAS

A maior e mais tradicional festa de Barão Geraldo –  a Festa da Padroeira Santa Isabel – abre a temporada de festas juninas de Campinas no próximo sábado dia 1º de Junho,  com o show da dupla Lucas e Breno.

A festa, quase centenária, é organizada pela Comissão Econômica das comunidades de Barão  será realizada em todos os finais de semana de junho com 10 shows no Salão Comunitário da Igreja de Santa Isabel, que fica na avenida Ângelo Vicentin, 601, no centro de Barão. Além das barracas e shows, haverá rodadas de bingo premiadas todos os dias de festa.  E no dia 23 de junho o tradicional bingão – que é o ponto de maior lazer e curtição da comunidade – vai  distribuir R$ 15.000,00 em prêmios. A entrada e FRANCA.

O esquema da festa é o das tradicionais quermesses juninas. Haverá um caixa central que venderá os tickets por valor para os participantes gastarem nas barracas que escolherem. Teremos barracas de produtos de milho,  pastéis, pizza, yakisoba, cachorro quente, doces e caldos, porções de peixe e batata frita. E também barracas de bebidas, sucos, de vinho quente e quentão . Também haverá um “Espaço Kids” para as crianças curtirem a vontade. Porém seu significado histórico e cultural para a cidade vai muito além de simples quermesse devido à sua identidade.

Conforme o Monsenhor Roberto, pároco de Barão, a festa tem como prioridade ser um momento de congraçamento e lazer das famílias da comunidade de Barão e Campinas Nessa confraternização as famílias são a prioridade E ele chama atenção para a parte religiosa da festa  com um tríduo de celebrações em homenagem à Santa que deu sua vida em prol dos mais pobres, entre 1 e 4 de julho, dia de Santa Isabel quando haverá um encerramento  com uma bela procissão noturna á luz de velas pelas ruas de Barão Geraldo:  a “Procissão Luminosa”.

10 SHOWS

A FESTA DA PADROEIRA SANTA ISABEL  é uma festa junina tradicional, voluntária sem fins lucrativos e em benefício das obras sociais  da Paróquia   Mas terá várias apresentações artísticas gratuitas  de artistas que se apresentam voluntariamente em beneficio da comunidade  Os artistas que se apresentam são em sua maioria os mesmos do ano passado e anteriores Veja a programação cultural:

DIA 1 – LUCAS E BRENO

Na abertura da Festa a apresentação será da dupla Lucas e Breno  que recentemente se apresentou no Costela Fogo de Chão em Sumaré, em homenagem ao dia das mães .

Lucas nasceu em Guaraci- SP e Breno é mineiro  de Monte Santo de Minas – MG. Ambos vieram ainda pequenos para Campinas onde se conheceram e formaram a dupla.São 24 anos de carreira. Lucas  e Breno já se apresentaram no festival “VIOLA DE TODOS OS CANTOS”  e no Festival Jequinha de Abreu. Também já participaram do programa “Caminhos da Roça” duas vezes e do Terra da Padroeira. Eles já tem 2 discos lançados e estão trabalhando no terceiro. Ainda não tem streaming mas é possivel encontrar varias gravações de fãs no youtube:

“Podem esperar muita música dançante e diversão da nossa parte! Temos uma banda animada e pronta pra agitar qualquer ocasião!” – disse Lucas

DIA 2 –

Grupo “AVISO PRÉVIO”  TRAZ SEU SAMBA DE RAIZ

No dia 2 o grupo de samba “Aviso Prévio”, de Barão Geraldo, vai tocar os pagodes mais populares da MPB e tem como principal especialidade o “samba de raiz” como os de Adoniran Barbosa, Ataulfo Alves, Cartola e sambas mais atuais como de Elis Regina.

O Aviso Prévio é um grupo de amadores que amam samba que tem como finalidade levar o pessoal a dançar e muita diversão e alegria através da música. Ele é formado por Julio Giorgi (Voz, Cavaco e Violão),Nelson Costa no pandeiro, Almir Terrazan no repique, Eudair Pequim (tantan e timba), Francisco Silva ( Voz e tantan), Ataíde
(voz, cavaco ) , Elpídio (Voz , Violão)  E eles sempre tocam em eventos de instituições assistenciais sem fins lucrativos Mas ja vem se profissionalizando , pois apresentam em vários bares da região de Campinas:

“Neste grupo ninguém é profissional , todos doam um pouco da sua arte para o crescimento do Grupo e por diversão.” – disse Renata Pim divulgadora do grupo. Segundo ela, eles já se apresentaram no Lar dos Velhinhos, Estação Bonfim, em outras festas como a da Paróquia Frei Galvão do Jardim América, no encerramento do festival “Comida de Buteco” de 2017, e em bares como o Bar Opéra do Hotel Mercury e no Botequim de Barão. Vejam grupo deles em https://www.facebook.com/Grupo-Aviso-Prévio-17719382261639…/ 

O NOME DO GRUPO É PORQUE SE FORMOU DE DEMITIDOS

Segundo Renata, o grupo se formou em março de 2016 por ideia de dois primos Julio Giorgi e Nelson Costa de cantar e tocar em instituições assistenciais sem fins lucrativos. Eles começaram ensaiando em casa e convidando amigos até que o nome do grupo surgiu porque a maioria deles estava cumprindo aviso prévio do trabalho e “eles resolveram colocar esse nome nos convites enviados aos amigos para participar do grupo” Até então a formação do Grupo já teve várias modificações, seguindo a risca o nome do Grupo. “Hoje temos 05 integrantes que estão desde o início no Grupo e 04 Novos que estão chegando.”

Julio Giorgi – Voz, Cavaco e Violão
Nelson Costa – Pandeiro
Almir Terrazan – Repique
Eudair Pequim – Tantan e Timba
Francisco Silva – Voz e Tantan
Ataíde – Voz e Cavaco
Elpídio – Voz e Violão

DIA 8 – LÉO BRUTO & RAFAEL

No dia 8 se apresenta a dupla de Barretos – Leo Bruto & Rafael – em ascensão  na MPB sertaneja. Ambos  tem mais de 20 anos de carreira, mas a dupla  foi formada a pouco mais de 1 ano e já tem um CD gravado.  Rafael é campineiro  e Leo é da  cidade de Guaira e hoje vivem em Barretos.

A dupla já se apresentou também no último Encontro de Violeiros e Catireiros “Espanta Abeia”  no mês passado e já tem agenda marcada no Costelão de Sumaré no dia 21 de julho (junto com Gian e Giovani e outros). Segundo Léo  eles sempre fazem shows beneficientes para entidades de  crianças e igrejas e vão se apresentar na Festa de Santa Isabel a convite de Fernando Flaitt, justamente em prol da comunidade

DIA 9 – RAÍZES DE BARÃO

No dia 9  se apresenta o “Raízes de Barão”  do “crooner” Donizetti Gomes, locutor da Ponte Preta e subprefeito de Barão que canta musica sertaneja raiz junto com seus amigos . O grupo é formado por Cacá no contrabaixo, Donizete ( Guitarra e Voz ) , Elpídio ( Teclado e Voz ) , João ( Bateria ) , Ataíde ( Cavaquinho ) , Júlio ( Violão )  e  Almir na percussão.

DIA 15  – TRADIÇÃO SERTANEJA

no dia 15 o grupo campineiro Tradição Sertaneja apresenta  seu  xote  com arrasta pé – e muita música pra dançar. O grupo é formado por Walter no vocal, João violão e voz e Mirati na sanfona violão base.

DIA 16 QUADRILHA COM GRUPO DE ORAÇÃO BERAKÁ DA UNICAMP

A quadrilha será apresentada pelo grupo de jovens católicos  GOU (Grupo de Oração Universitário) Beraká que se reúne todas as terças feiras as 12:20 na sala de aula do bloco da Eng Mecânica. O grupo faz parte  do movimento  nacional “Ministério Universidades Renovadas (MUR) , que é um ministério da Renovação Carismática Católica (RCC). E como é um grupo jovens, nada melhor do que participarem organizando uma quadrilha junina pra abrilhantar ainda mais a festa

“Esse ano em parceria com a paróquia Santa Isabel estaremos dançando uma quadrilha no dia 16 de junho às 19:30h. Será um momento muito bonito de vida fraterna.” disse Olivia, uma das Coordenadoras do grupo.

O cantor Willian Daniel é nascido e criado em Paulínia  E como sua família é de músicos ele aprendeu música desde a infância. Principalmente a Música Sertaneja, sua enorme influência no mundo artístico e sua grande importância para a MPB.

Com apenas 8 anos Willian,  incentivado pelos pais, já cantava em pequenos eventos, formaturas e festas de família. E a partir de seus 14 anos, começou a cantar em eventos maiores, de 1996 à 2001 onde posteriormente entrou na banda country Aphocalipsy Banda Show da cidade de Arthur Nogueira. Em 2003 Willian Daniel deixou a música Sertaneja por um longo período para se dedicar aos estudos e se estabilizar profissionalmente. Mas este ano 2019 ele resolveu retomar suas atividades na música sertaneja, agora  com o projeto como cantor solo inicialmente na região da Grande Campinas (RMC)  “É  minha melhor atividade. O que amo e gosto de fazer O objetivo é criar e  ganhar apoio e reconhecimento por cada lugar que canto. E graças a Deus  as pessoas estão curtindo e se mostram felizes”. Acho que Barão Geraldo vai gostar” – declarou.

DIAS 22 –  HENRIQUE MENEZES

No dia 22 é a vez do cantor Henrique Menezes, morador em Barão Geraldo, mais uma vez. Henrique é um novo talento mas já tem alguma experiência na musica sertaneja. Tem 34 anos, é autodidata no violão mas estudou canto no CCEM (Centro Cultural Escola de Musica de Campinas)  já cantou em duplas como a dupla “Monica e Henrique” e se apresentou no programa Legionários da Record quando cantou com Wanessa Camargo, “um momento marcante e emocionante em que a própria Wanessa ficou emocionada”. E também já cantou no palco Brahma da Festa de Peão de Americana .

Henrique gosta de  cantar as musicas de seus principais ídolos Cristiano Araújo, Jorge e Mateus, Zé neto e Cristiano. E também algumas clássicas da musica raiz como Trio Parada Dura, essas coisas. Segundo ele será “um show bem pra cima assim como do ano passado. Para as pessoas dançarem e curtirem”.

Vejam alguns exemplos em seu canal no youtube https://www.youtube.com/channel/UCmr6Be01OGqSgAExr197cKg

DIA 23 – NHOQUE, “BINGÃO”  COM O SHOW DA  BANDA “ALVIM E OS ESQUILOS”

E no domingo 23 de junho é o dia principal quando a festa começa com o almoço com  Nhoque da padroeira à moda tradicional  a partir das 12h quando também começa  o Bingão com vários prêmios totalizando R$ 15.000,00 durante o dia . O almoço será animado pela banda satirica Alvin e os Esquilos

DIAS 1 A 4 – TRÍDUO  E PROCISSÃO LUMINOSA NOTURNA A SANTA ISABEL (no dia 4 de julho)

Entre os dias 1º de Julho e 4 de Julho  a paroquia de Santa Isabel realizará um tríduo de Missas em homenagem à Santa Isabel.

A primeira celebração , dia 1) será sobre o tema “IGREJA EM COMUNHÃO”  será organizada pela Comunidade Santa Terezinha   No dia 2, a Comunidade de Santa Paulina (Jd Alto da Cidade Universitária) organizara a celebração da “IGREJA ACOLHEDORA” e no 3º dia  (dia 3) a comunidade do Cristo redentor  (cidade Universitária realizará a cerimônia da “IGREJA PROFÉTICA”.

Por fim na noite do dia 4 de Julho, dia de Santa Isabel, o monsenhor Roberto realizará a “Procissão Luminosa” pelas ruas de Barão Geraldo , além da missa à Santa Isabel Padroeira , protetora dos pobres e mãe e Rainha que Encerrará a festa com a participação de todas as comunidades de Barão

Este ano a Festa de Santa Isabel tem o apoio da Belmari confecções, Eletro Dalbem, Marmoraria Nª Sª Aparecida, Maxcom e Pastelaria Brasil e varias outras empresas.

FESTA É PATRIMÔNIO IMEMORIAL DE CAMPINAS – SUA PRESERVAÇÃO É ESSENCIAL

A Festa da Padroeira Santa Isabel ja faz parte do Calendário Oficial de Campinas e precisa urgentemente ser reconhecida como patrimônio imaterial de Campinas assim como as festas  mais tradicionais da cidade como   São José, de Sousas  e Joaquim Egidio,  etc.

Pois como já demonstraram vários pesquisadores e historiadores,  ela ajudou a criar e construir Barão  Geraldo,  originou a Paróquia de Santa Isabel  e  é claro da própria cidade, na medida em que eram organizadas  com doações e trabalho voluntário  e muita abnegação por praticamente todos os seus moradores  desde o início do século 20.  Há muitos relatos e registros de fotos e da igreja  e da memória de suas procissões desde  os anos 1920, narradas por antigos paroquianos para  César Nunes,  Maria Helena Boldrini e Warney Smith.

Sempre organizadas com requinte e  grande rigor. Nas Festas dos anos 1930, 40, 50 todos iam sempre bem vestidos sob o comando de vários padres das paróquias que a Capela de Santa Isabel foi filiada como Monsenhor Emilio José Sallin,  Jeronimo Baggio, Antonio Rocatto e vários outros importantissimos  na formação de Campinas, como o Padre Lívio Gabrielli indicado para assumir a Paróquia em sua fundação em 1963, quando a festa chegou ao seu auge.

Por isso nós do Jornal de Barão apoiamos os grupos que defendem e apoiam seu tombamento pelo CONDEPACC. Seu reconhecimento  como Patrimônio Imaterial e Histórico da cidade E isso em nada vai  interferir em sua autonomia e custos Mas, pelo contrário, só ajudará principalmente em sua divulgação e apoio à infraestrutura  (trânsito, segurança, banheiros e até mesmo nas apresentações e divulgação para todo o pais).

Imagens: Divulgação

Mais em: Jornal de Barão

Mais Acessadas

Início