Evento

CAMPINAS: Brincadeira não tem época é tema da 3ª edição da Semana do Brincar

A terceira edição da Semana Municipal do Brincar – A paz em língua de brincar traz o tema “Brincadeira não tem época”. Desta vez, todas as atividades serão realizadas virtualmente. A ideia é usar esse momento de isolamento social para incluir brincadeiras de todos os tempos na rotina da família. A ação integra o Fórum Campinas pela Paz, aberto no último dia 30 de abril.

Para isso, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos criou uma página no Facebook www.facebook.com/pazemlinguadebrincar, na qual pais e filhos poderão postar suas brincadeiras favoritas. Desde contar histórias para os seus pequenos como um jogo de tabuleiro, uma interpretação teatral, uma partida de videogame, enfim, coisas que se faz em casa para desfrutar os bons momentos com as crianças.

De acordo com a secretária Eliane Jocelaine Pereira, um fato que merece atenção de todos e que faz total diferença na qualidade das brincadeiras, é a forma como o adulto intervém e se relaciona com a atividade. “Por isso, mesmo neste período de isolamento social, mantivemos a Semana do Brincar e contamos com a participação ativa dos pais. Afinal, o adulto, mais experiente, ao brincar junto com as crianças, enriquece a fantasia trazendo e propondo a continuidade da brincadeira com um repertório cultural que as crianças sozinhas ainda não possuem”, ressalta.

As atividades têm início nesta segunda-feira, dia 18 de maio. A proposta é que mãe, pai e irmãos se reúnam para brincar juntos. Os avós que estão distantes também podem participar enviando como interagem com os netos neste período de isolamento social.

A ideia central da semana é usar as brincadeiras como ferramentas de educação para a paz e sua importância no desenvolvimento da primeira infância. A semana campineira integra-se ao Movimento pelo Brincar, criado em 1996, na Suíça, e comemorado em 28 de maio, data reconhecida pela Unesco. O Movimento se espalhou pelo mundo e foi ampliado para a Semana Mundial do Brincar, desde 2009.

As ações da Semana do Brincar organizada pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, em parceria com organizações que atuam na proteção à infância e construção da paz estão em consonância com um eixo exclusivo do Plano da Primeira Infância Campineira (PIC).

Para a coordenadora do PIC, Jane Valente, é muito importante reconhecer o brincar como direito fundamental para orientar as ações do poder público, com o intuito de promover espaços e tempos para as brincadeiras, acesso a brinquedos e a ambientes ricos em possibilidades imaginativas.

“As crianças têm o direito de brincar e de escolher seus brinquedos, brincadeiras e parceiros. Brincar garante que a criança faça suas escolhas. Escolha seus parceiros, temas e regras. Durante as brincadeiras as crianças se expressam, vivenciam sentimentos, compartilham situações imaginárias, exploram o mundo ao seu redor, participam e recriam a cultura lúdica, encontrando sentidos para seu universo”, reforça.

A Semana Municipal do Brincar foi instituída no calendário oficial de evento de Campinas em 2018, pela Lei nº  41/18. Desde então, a programação ocorre  anualmente na semana de 28 de maio, Dia Mundial do Brincar. Com a necessidade do isolamento social, neste ano, as atividades ocorrerão virtualmente ao longo da segunda quinzena de maio.

Imagens: Divulgação – Foto abertura Aashish R Gautam no Unsplash

Mais em: Campinas

Imagens: Divulgação – Semana Municipal do Brincar, este ano, virtualmente.

Mais Acessadas

Início