Meio Ambiente

Chegada da primavera: vegetação é tendência em ambientes corporativos e traz benefícios

Mais do que objetos decorativos, elementos da natureza ajudam a melhorar a qualidade de vida dos colaboradores e a aumentar a produtividade.

Em diversos tons de verde, com diferentes formatos, com flores coloridas, brancas ou até mesmo sem flores, as plantas embelezam qualquer ambiente, inclusive os corporativos. Hoje, mais do que meros itens de decoração, a vegetação é utilizada por empresas para ajudar com diversas finalidades, como melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores e, consequentemente, aumentar a produtividade.

Mas, antes de sair espalhando plantas pelos ambientes, é preciso ter planejamento e orientação de uma equipe capacitada. Caso contrário, a única experiência será a frustração de vê-las murchando e uma preocupação a mais para a administração. Inicialmente, é preciso entender o que é a “arquitetura biofílica”. Cada vez mais utilizada, esta é uma forma de design de ambientes que usa elementos naturais para transformar espaços e conectar pessoas à natureza, trazendo benefícios à saúde e ao bem-estar. Pensando nestes aspectos positivos, o mundo corporativo tem recorrido a este modelo.

“A arquitetura biofílica tem o poder de transformar espaços com a utilização de elementos naturais, como vegetação, madeira e bambu, por exemplo, ou que remetem à natureza. Apesar de ter surgido nos anos 80, este modelo ainda é considerado uma novidade e tem sido cada vez mais utilizado, inclusive nos ambientes de trabalho. Se aplicada em conjunto com cores mais neutras, a biofilia ajuda as pessoas a se conectarem com a natureza, proporcionando uma sensação de calma e leveza”, explica Denise Moraes, líder de projetos e sócia da AKMX Arquitetura e Engenharia.

Ainda de acordo com Denise, além da implantação de elementos naturais, outra tendência muito utilizada nos escritórios são as plantas preservadas, que são naturais, mas que não exigem manutenção básica periódica como a rega. Este tipo de vegetação é criado com plantas naturais que passam por um processo de tratamento para estabilização e desidratação especial, mantendo a textura e movimento da planta. “É importante reforçar que a arquitetura biofílica vai além do uso de plantas, uma vez que seu objetivo é a conexão entre as pessoas e a natureza. Sendo assim, um quadro, uma fonte de água, texturas que remetem à natureza, formas orgânicas, também podem ser utilizados no projeto”, complementa.

Para iniciar o projeto de implantação de plantas naturais dentro de um escritório, é preciso estar ciente que o cuidado e a manutenção são permanentes, afinal, não é apenas o bem-estar das pessoas que se deve levar em consideração. Além disso, é preciso um planejamento feito por especialistas, que irão analisar o local e propor as melhores soluções. Eles também ajudarão a escolher as plantas ideais para aquele local de acordo com as condições físicas do ambiente (iluminação, ventilação, etc.), sempre levando em conta a manutenção, como adubagem e eliminação de fungos, por exemplo.

Plantas em escritórios ajudam a aumentar a produtividade

Os benefícios que as plantas proporcionam aos ambientes de trabalho vão muito além da estética e da decoração. Um estudo feito pela Universidade de Hyogo, no Japão, em uma empresa elétrica mostrou que a frequência do pulso dos colaboradores, coletada em dois períodos distintos, variava após a colocação das plantas próximos a eles. Assim, concluiu-se que, com a diminuição dos batimentos cardíacos, reduziu também o estresse fisiológico e psicológico dos funcionários.

O neurologista Leonardo de Deus, do Vera Cruz Hospital, em Campinas (SP), explica que as plantas têm o potencial de renovar o ar e, com isso, conseguem absorver partículas com mais eficiência, melhorando significativamente a qualidade do ar. “Algumas delas, como crisântemos e gérberas, absorvem até gases tóxicos presentes em pequenas quantidades e que afetam nossa respiração e produtividade”, completa.

Além disso, as plantas também contribuem para que o ambiente fique mais vivo e colorido, provocando estímulos visuais que geram boas sensações, diminuem o estresse e aumentam a sensação de bem-estar.

As melhores plantas para se ter no ambiente de trabalho

Cacto: é fácil de cuidar, pois armazena água e não há necessidade de regá-lo frequentemente. Além disso, adora sol e pode ser mantido em mesas e janelas com bastante luminosidade.

Suculentas: são muito bonitas e dão um charme especial em qualquer ambiente. Elas possuem folhas que reservam água e, assim como o cacto, dispensam regas constantes e gostam de ambientes bem iluminados.

Babosa: esta planta é muito conhecida, especialmente como um poderoso hidratante para os cabelos e por ter propriedades cicatrizantes. O que muitos não sabem é que ela é ideal para ambientes de trabalho, já que também não exige regas frequentes e aguenta sol pleno, meia-sombra e variações de temperatura.

Espada de São Jorge: esta é uma planta muito cultivada em ambientes domésticos pelo fato de afastar energias negativas, segundo crenças populares. Mas, em escritórios ela também se desenvolve muito bem, pois sobrevive facilmente a baixos níveis de luz e água, além de dar um visual especial ao local.

Planta-jade: esta é ideal para quem está começando no mundo das plantas. Da família das suculentas, necessita de poucos cuidados. Gosta de pouca luz e, portanto, pode ser colocada em um vaso sobre uma mesa, mesmo que longe de janelas.

Sobre o Vera Cruz Hospital

Em 77 anos de existência, o Hospital Vera Cruz é reconhecido pela qualidade de seus serviços, capacidade tecnológica, equipe de médicos renomados e por oferecer um atendimento humano que valoriza a vida em primeiro lugar. O Vera Cruz dispõe de 154 leitos distribuídos em diferentes unidades de internação, em acomodação individual (apartamento) ou coletiva (dois leitos), UTIs e maternidade. A Instituição conta também com setores de Quimioterapia, Hemodinâmica, Câmara Hiperbárica Monoplace, Radiologia (incluindo tomografia, ressonância magnética, densitometria óssea, ultrassonografia e raio-x), e laboratório com o selo de qualidade Fleury Medicina e Saúde. Em outubro de 2017, a Hospital Care tornou-se parceira do Vera Cruz. Em quase quatro anos, a aliança registra importantes avanços na prestação de serviços gerados por investimentos em inovação e tecnologia. Em médio prazo, o grupo prevê expansão no atendimento com a criação de dois novos prédios erguidos na frente e ao lado do hospital principal, totalizando 17 mil m² de áreas construídas a mais. Há 34 anos, o Vera Cruz inaugurou e mantém a Fundação Roberto Rocha Brito, referência em treinamentos e cursos de saúde na Região Metropolitana de Campinas, tanto para profissionais do setor, quanto para leigos, e é uma unidade credenciada da American Heart Association.

Imagens: Divulgação – Foto abertura – Projeto desenvolvido pela AKMX para a empresa Quitness, em São Paulo, projetado com base em características, como funcionalidade, conforto e sustentabilidade.

Mais em: Vera Cruz Hospital e WGO Comunicação

Imagem: DivulgaçãoDr. Leonardo de Deus

Mais Acessadas

Início