Exposição

CAMPINAS: Exposição interativa na Estação Cultura usa ciência e arte para explicar o funcionamento do olho humano

“MÁQUINA OLHO” traz a Campinas/SP 11 instalações inéditas, experiências óticas e aplicativo de realidade aumentada que ensinam o público a respeito da visão.

De 05/7 a 29/9 de 2019. Entrada GRATUITA

A Estação Cultura exibe, de 05 de julho a 29 de setembro de 2019, a exposição interativa “MÁQUINA OLHO”, que usa ciência e arte para explicar o funcionamento do olho humano. Com projeto do estúdio NúMENA e realizada junto a um coletivo de artistas, fotógrafos, cientistas e designers, “Máquina Olho” ocupa o vão central da antiga estação ferroviária de Campinas com um pavilhão inspirado em um projeto de Leonardo da Vinci, onde 11 instalações explicam de forma didática e divertida o funcionamento do olho. Além da exposição, estão previstas atividades educativas regulares, voltadas para escolas e público espontâneo.

A ciência do entendimento da percepção humana é a base da exposição, que apresenta o sentido mais estimulado por estas grandes descobertas: a visão, e também o olho, este precioso mecanismo pelo qual manifestamos essa percepção. As onze instalações científicas, ilustrações, aplicativo de celular e uma pesquisa de conteúdo didático de “Máquina Olho” pontuam exemplos de expoentes notáveis da história da arte, desde a antiguidade até manifestações recentes de nossa cultura de massa como cinema, televisão e histórias em quadrinhos e a internet.

Feitas especialmente para a mostra, as instalações trazem para os dias de hoje diferentes invenções e ferramentas que foram amplamente utilizadas por artistas e cientistas em suas atividades no decorrer de diferentes épocas, explicando suas relações com o entendimento da visão humana. Entre elas, estão: a Câmera Obscura, que reproduz o mesmo funcionamento de projeção de imagens que o olho humano e a câmera fotográfica; os Estereoscópios, dispositivos com lentes e espelhos que criam sensações de imagens em 3D; e os Cinemáticos, mecanismos que remontam às origens do cinema e das animações.

Grande parte das informações textuais, imagéticas e didáticas pode ser acionada por um aplicativo de realidade aumentada que pode ser baixado e instalado em smartphones. O conteúdo digital exclusivo do aplicativo MÁQUINA OLHO (disponível na  App Store e na Google Play durante a exposição) contém textos, fotografias, vídeos e diagramas, e ficará disponível em versão que pode ser impressa sob a forma de fichas, de modo a disseminar esse conhecimento para as salas de aula e casas dos visitantes.

A concepção do projeto inclui a realização de experiências óticas nas instalações e no pavilhão, além de permitir ao visitante acessar recursos tecnológicos atuais como a realidade virtual e a realidade aumentada. Tais experiências foram projetadas com base em correntes artísticas como a Op Art e Arte Cinética, também utilizando recursos e efeitos visuais explorados nas obras de artistas contemporâneos como a brasileira Regina Silveira (1939) e o dinamarquês Olafur Eliasson (1967).

“A 3M patrocina esse projeto por ser diretamente conectado com a ciência. E nós somos uma empresa que aplica ciência para inovar, gerando soluções que melhoram a vida das pessoas e buscando respostas para desafios atuais e futuros da sociedade. Assim, temos uma atitude permanente de valorizar o pensamento científico. Esta exposição mescla ciência e arte para falar da magia que é a visão humana”, comenta Luiz Serafim, head de marketing da 3M.

NúMENA é um estúdio multidisciplinar paulistano de arquitetura, design e práticas criativas que atua em projetos pedagógicos e socioculturais variados e em diferentes frentes de trabalho, que passam por ativação de espaço público, cenografia, instalações, pesquisa e ações de formação cidadã. O projeto “Máquina Olho” surgiu da parceria criativa do arquiteto Luís Felipe Abbud com os artistas gráficos Gavin Adams, Marcos Muzi e Rafael Cotait, que juntamente com o professor de física Anibal Fonseca idealizaram e projetaram a exposição.

Patrocínio: 3M, via ProAC ICMS

SERVIÇO:

Exposição interativa “MÁQUINA OLHO”

Abertura para convidados: 05 de julho, sexta-feira, das 19 às 21 horas

Período expositivo: 06 de julho a 29 de setembro de 2019

Estação Cultura

Endereço: Largo Marechal Floriano, s/nº – Centro – Campinas – SP

Tel.: (19) 3705 8027 / 8015 / 8028

Horários de funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 18h, domingo das 10h às 17h

Entrada GRATUITA e LIVRE

Visitas guiadas agendadas: http://www.campinas.sp.gov.br/governo/cultura/

Contato: projetomaquinaolho@gmail.com

Imagens: Divulgação

Mais em: Estação Cultura e Adelante Comunicação Cultural

Mais Acessadas

Início