Artes Plásticas

SÃO PAULO: Exposição une artistas e técnicas diversas em torno dos quatro elementos da natureza somados à alma humana

Nomeada Os Cinco Elementos, mostra coletiva reúne obras de Rorian Guimarães, Antonio Issa, Vera Filinto, Luiz Andrai, e Renata Polcan.

Uma trajetória incomum é o mínimo a se dizer do artista plástico Rorian Guimarães. Pioneiro da arte digital no Brasil, começou sua carreira nos anos 1980 e, após uma série de trabalhos e exposições em museus e importantes e espaços institucionais, a interrompeu nos anos 2000. Voltou ao trabalho em 2009 numa vertente de produção totalmente oposta: a pintura e o desenho. A partir desta guinada, já produziu mais de 4 mil obras e agora prepara, com mais quatro artistas convidados – , Antonio Issa, Vera Filinto, Luiz Andrai, e Renata Polcan – abre a mostra intitulada Os Cinco Elementos, onde algumas de suas obras representam o elemento fogo, nesta intersecção de água, terra, foto, ar com a alma humana.

A exposição investiga a vida substantiva das obras, das mensagens implícitas, o mundo fora do universo dos artefatos de fabricação em massa e do descarte rápido. Cinco estilos e suportes bastante diferentes, com um forte traço de união: a presença indissociável da arte na vida e na alma de cada um deles. As cerca de 80 obras expostas em Os Cinco Elementos unem os trabalhos e carreiras individuais, dentro desafio em comum de apresentar também obras ligadas aos quatro elementos.

Residente na Alemanha há mais de 30 anos, a arquiteta Renata Polcan – formada na primeira turma do curso de Arquitetura e Urbanismo da Belas Artes, em São Paulo -, também retomou seus trabalhos com mais força nesta década. Suas obras são uma interpretação de momentos, motivos, formas e texturas, congelados através da fotografia. Nunca o realismo é a intenção. É sempre a expressão resultante do momento da ação. Já seus desenhos costumam ser de uma linha só, procurando apenas a essência, enquanto as aquarelas, pela sua leveza e transparência, o meio com o qual a artista mais se identifica e, por isso mesmo, representam o elemento ar.

A pintura sempre esteve presente na vida Antonio Isaac Issa, baiano, radicado em São Paulo, professor de francês e italiano. Mas foi após os 65 anos que passou a dedicar-se à pintura, aprimorando sua técnica em vários cursos. Trabalha com materiais diversos como pastel, carvão, acrílica e até óleo, em sua grande paixão, os retratos, como o seu próprio, presente na mostra onde algumas obras representam o elemento terra.

O trabalho do artista carioca Luiz Andrai também migrou, porém do desenho figurativo para a pintura e o abstracionismo. A partir dos anos 1990, passou a servir-se de uma cartela de cores e formas sinuosas totalmente tropicais. Para esta exposição o artista apresenta obras que se alinham ao éter, ou a essência da alma humana.

Vera Filinto tem experiência fotográfica em acervos documentais e museológicos. além de considerável produção em temas relacionados a parques e à natureza. As fotos apresentadas nesta exposição exploram a água em seus inúmeros aspectos e ângulos. Ela está em ambientes urbanos, parques, praias; em movimento, ou plácida como um espelho, turva ou límpida; aparece como assunto principal, como fundo, ou é apenas sugerida.

SERVIÇO

Os Cinco Elementos tem abertura marcada para o dia 11 de agosto, na Inn Gallery, na rua Melo Alves, 138, no bairro dos Jardins, em São Paulo, onde permanece até 24 de agosto e pode ser visitada de segunda à sexta-feira, das 10h às 19h, e aos sábados, das 11h às 15h.

Imagem: Divulgação

Mais em: InnGallery e DINO

Mais Acessadas

Início