Saúde

O adiamento do reforço da vacina contra Covid-19 gera debate entre a comunidade científica

A baixa quantidade de vacinas contra a Covid-19 fez o Reino Unido anunciar o adiamento da dose de reforço com o objetivo de imunizar imediatamente mais britânicos.

Com lotes insuficientes de vacinas, o Reino Unido optou por postergar as doses de reforço na população. Segundo defendem as autoridades do país, o atraso de até 12 semanas não comprometeria a eficácia da proteção e permitiria imunizar rapidamente um maior número de pessoas. No entanto, a decisão tem sido acolhida com certo ceticismo por especialistas.

Conforme argumenta a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), a eficácia da vacina Biontech-Pfizer baseia-se em estudos em que as doses foram administradas com intervalos entre 19 e 42 dias. Dessa forma, o atraso nas aplicações exigiria informações adicionais de pesquisa, além de modificações nas licenças concedidas.

Já a Organização Mundial da Saúde alega que a melhor estratégia é o equilíbrio entre o máximo aproveitamento das vacinas da Biontech-Pfizer e a imunização do maior número de indivíduos. Assim, a entidade recomenda o intervalo de 21 a 28 dias entre as doses, mas ressalva que, em casos excepcionais, o reforço poderia ser aplicado em até seis semanas.

Diante das discordâncias científicas, a Alemanha optou por avaliar mais a fundo os impactos do adiamento e deverá se posicionar após estudos encomendados ao Comitê Permanente de Vacinação do Instituto Robert Koch STIKO (Berlim). Enquanto isso, medidas preventivas seguem sendo uma recomendação unânime, assim como o melhor meio de prevenir a doença.

Entre as práticas de cuidado contra a Covid-19, o uso da máscara se tornou um recurso essencial. Utilizada em diversas atividades diárias, a peça deve proporcionar segurança e conforto, como é a proposta da Máscara KNIT Fiber. Produzida com tecelagem 3D, ela se encaixa no rosto e prende com uma alça única, ficando firme sem incomodar. Além disso, com o filtro de ar, ela oferece proteção similar aos modelos profissionais, bloqueando ao menos 96% das partículas no ambiente.

A Máscara KNIT Fiber é vendida na loja virtual da marca.

Imagem: Divulgação

Mais em: Máscara KNIT e DINO

Mais Acessadas

Início