Economia

Aplicativos de smartphone apresentam um novo jeito de se fazer anúncios

Smartphones revolucionaram a maneira de se viver, no Brasil e no mundo. Com isso vieram maneiras novas de interagir, comunicar, e fazer negócios. É nesse âmbito que os aplicativos se tornam cada vez mais ideias para anúncios e divulgações das mais variadas empresas, uma vez que são plataformas versáteis e de alcance colossal, principalmente entre o público jovem.

A chegada dos smartphones inovou, por completo, a forma como brasileiros interagem, comunicam, e até fazem dinheiro. O aumento gradual da classe média brasileira nas últimas décadas resultou em uma demanda maior por smartphones – produtos que antes eram considerados luxos, e hoje, fazem parte do cotidiano de mais de 90% da população brasileira, de acordo com uma pesquisa feita pela Mobile Time – isso é, mais de 90% da população possui ou usa um smartphone diariamente. Esse crescimento estimulou o desenvolvimento de aplicativos dos mais variados – hoje são mais de 2 milhões de apps para os sistemas iOS e Android (Statista, 2019).

O uso de aplicativos de celular está em um crescimento exponencial no mundo. No Brasil, o caso não poderia ser diferente. Aliás, de acordo com estudos publicados pela App Annie, o Brasil é “campeão do mundo” em uso de aplicativos de celular por dia. O brasileiro usa, em média, cerca de 12 aplicativos diferentes em um período de 24 horas. Quando tratamos de downloads, o Brasil ficou na quarta colocação, com mais de 6 bilhões de downloads realizados.

As previsões para o futuro indicam que o mercado ficará cada vez mais fértil para aqueles que desejam empreender no ramo tecnológico. Uma reportagem da UOL prevê que o Brasil passará da marca de 8 bilhões de downloads de apps até 2022, o que abrirá espaço para investimentos e maiores inovações em aplicativos já existentes, além do desenvolvimento de outros inúmeros aplicativos que ainda estão por vir.

Essa previsão produz um cenário muito promissor para empreendedores brasileiros que desejam infiltrar no mercado tecnológico do país. O Brasil está entre os 5 maiores consumidores do mundo de smartphones, totalizando em quase 90 milhões de smartphones ativos, de acordo com a Newzoo.

 

Ranking País População Penetração dos Smartphones Usuários de Smartphones
1 China 1,415,046,000 55.3% 782,848,000
2 Índia 1,354,052,000 27.7% 374,893,000
3 Estados Unidos 326,767,000 77.0% 251,688,000
4 Rússia 143,965,000 63.8% 91,865,000
5 Brasil 210,868,000 41.3% 87,172,000
6 Indonésia 266,795,000 27.4% 73,155,000
7 Japão 127,185,000 55.3% 70,327,000
8 Alemanha 82,293,000 78.8% 64,830,000

 

O que isso significa para empresas que desejam formar parcerias e realizar anúncios de novas maneiras? Significa que estão com sorte…

Com o aumento de opções para smartphones no mercado, seus preços têm se tornado, em média, mais acessíveis para a maioria dos brasileiros, que por sua vez, possuem um ou mais smartphones em seu domicílio. Com uma comunicação praticamente instantânea, os smartphones vêm se provando ser uma plataforma versátil para fins publicitários e promoções dos mais diversos tipos.

Entre os aplicativos que já estão mudando a forma de se fazer anúncios está o Quize – um aplicativo gratuito que tem rodadas de gameshow diários e apresentados ao vivo, que tem como recompensa prêmios em dinheiro de verdade. O aplicativo está ativo há um ano e já está entre os top 6% dos aplicativos mais baixados do mundo.

Para vencer as rodadas, usuários devem responder a todas as perguntas corretamente em um tempo de 10 segundos (ou 13 segundos para os Quizers VIP); as perguntas consistem de duas alternativas cada e quem acertar todas ganha uma parcela do prêmio. As rodadas consistem de perguntas de uma variedade enorme de temas, e para acertar as 15, o jogador precisa ter um conhecimento-geral amplo. As pautas são formuladas pela equipe de conteúdo do aplicativo, que pesquisa a veracidade das perguntas de todas as rodadas.

Gabriel Slezynger, o fundador da empresa, conta como se inspirou no HQ Trivia, um aplicativo norte-americano, para implantar a ideia no Brasil: “Ao ver o HQ imaginei milhões de brasileiros revivendo o Show do Milhão nas palmas de suas mãos. Conversei com minha equipe e em poucos meses o Quize nasceu.”

O aplicativo pioneiro chamou a atenção de empresas das mais variadas, que viram uma oportunidade de realizar anúncios na plataforma versátil e flexível do Quize. Não se trata de anúncios passivos, e sim, interativos, onde o apresentador da rodada se veste a caráter da empresa patrocinadora e as perguntas englobam temas que refletem a essência delas. Assim, os usuários têm exposição a produtos, serviços, e ideias de empresas enquanto se divertem e jogam por dinheiro, tudo no alcance de suas mãos – ou seja, o usuário não está fisicamente restrito a nenhum espaço para participar das rodadas e se inteirar nas novidades que a empresa está propondo. Foram nessas vertentes que empresas como a 99, Submarino e ClickBus formaram parcerias com o Quize para divulgar campanhas e ofertas.

“O Quize é um aplicativo incrível que em apenas um ano conquistou milhões de Brasileiros. Somos uma plataforma bastante atraente para empresas B2C que buscam exposição qualificada da marca e aquisição de novos usuários” relata o diretor de operações, Luiz Franciss.

A tendência das empresas é de conduzir uma espécie de migração de seus anúncios para aplicativos e ambientes digitais, onde visam alcançar públicos mais jovens e de maneiras cada vez mais criativas. O Quize é apenas uma das milhares de ideias que vem manobrando a transformação analógica-digital no mercado brasileiro, mas já se mostra ser um aplicativo para ficar de olho.

Imagem: Divulgação

Mais em: Quize e DINO

Website: https://quize.com.br/

 

Mais Acessadas

Início