Saúde

Segurança: Vacinação domiciliar é opção de proteção dupla durante a pandemia

A Clínica Imunocamp, de Campinas, é a primeira da região a criar um aplicativo para que os clientes possam agendar as vacinas. Facilitando, principalmente, a vacinação de idosos e mães com recém nascidos que precisam tomar cuidados dobrados durante a pandemia.

Não é de hoje que as inovações tecnológicas têm facilitado nossas vidas e, dessa vez, a inovação vem com o objetivo de cuidar e proteger. A Imunocamp, clínica de vacinação com 2 unidades em Campinas e 1 em Piracicaba, criou um aplicativo que permite a compra e agendamento de vacinas sem sair de casa. O aplicativo tem sido muito usado por idosos, mães com recém-nascidos e outras pessoas do grupo de risco da COVID-19.

Através de um aplicativo disponível para Android e Iphone, o cliente faz a compra das vacinas e agenda a data e hora da vacinação. Tudo acompanhado por um funcionário especializado – técnico de enfermagem ou enfermeiro- que fica em contato com o cliente pelo whatsapp e telefone.

As vacinas são armazenadas dentro de uma unidade móvel adaptada com geladeira. A equipe vai até a casa ou escritório do cliente e o atendimento é realizado com toda segurança e, seguindo todas as normas dos órgãos de saúde.

“A Imunocamp sempre prezou pela excelência na prestação de serviço de imunização, o atendimento domiciliar traz esse diferencial, pois atendemos os pacientes na própria residência, levando o acolhimento que damos em nossa clínica ao ambiente familiar.” Comenta Pedro Servidoni, sócioproprietário da clínica.

Em tempos de pandemia, as vacinas são mais procuradas para idosos ou pais de recém-nascidos. Grupos que estão receosos em se expor à COVID-19. No entanto, o atendimento domiciliar é uma ótima opção para pessoas com dificuldades de locomoção e, até mesmo, vacinação em escritórios e fábricas.

Após oito meses em desenvolvimento, o aplicativo segue continua sendo atualizado, visando o melhor para os clientes. Atualmente, a nova versão está em fase de testes. E esse não foi o único investimento feito para a vacinação domiciliar, a clínica foi reestruturada para ter uma pessoa no atendimento exclusivo dos canais digitais e agendamento das visitas, para que tudo ocorra da melhor maneira possível.

Imagens: Divulgação – Fotos Rafael Fernandes

Mais em: Clínica Imunocamp e TEHO Comunicação

 

Mais Acessadas

Início