( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_ad_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-ad.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_catlist_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-catlist.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_catrow_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-catrow.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_gallery_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-gallery.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_facebook_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-facebook.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_pop_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-pop.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_tagfeat_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-tagfeat.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_taglist_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-taglist.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_tagrow_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-tagrow.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; mvp_tags_widget has a deprecated constructor in /home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/widgets/widget-tags.php on line 12
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.036210237992include( '/home/revcampinas/public_html/wp-content/themes/flex-mag/functions.php ).../wp-settings.php:611

( ! ) Deprecated: Unparenthesized `a ? b : c ? d : e` is deprecated. Use either `(a ? b : c) ? d : e` or `a ? b : (c ? d : e)` in /home/revcampinas/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/classes/editors/class-vc-frontend-editor.php on line 646
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0009381376{main}( ).../index.php:0
20.0012381736require( '/home/revcampinas/public_html/wp-blog-header.php ).../index.php:17
30.0018382712require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-load.php ).../wp-blog-header.php:13
40.0022383488require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-config.php ).../wp-load.php:50
50.0048385136require_once( '/home/revcampinas/public_html/wp-settings.php ).../wp-config.php:99
61.201812706208do_action( $hook_name = 'init' ).../wp-settings.php:643
71.201812706584WP_Hook->do_action( $args = [0 => ''] ).../plugin.php:517
81.201812706584WP_Hook->apply_filters( $value = '', $args = [0 => ''] ).../class-wp-hook.php:348
91.219412994056Vc_Manager->init( '' ).../class-wp-hook.php:324
101.243812604408vc_enabled_frontend( ).../js_composer.php:265
111.243812604408vc_frontend_editor( ).../helpers_api.php:249
121.243812604408Vc_Manager->frontendEditor( ).../helpers_factory.php:78
Guerra na UCRÂNIA e meio ambiente são temas de mural em SÃO PAULO – Revista RMC
Cultura

Guerra na UCRÂNIA e meio ambiente são temas de mural em SÃO PAULO

Obras são dos artistas Kobra e Korban.

Por Elaine Patrícia CruzRepórter da Agência BrasilSão Paulo

Na movimentada esquina da Rua dos Pinheiros com a Avenida Pedroso de Morais, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, duas imagens passaram a conviver nos últimos dias. Na primeira há uma dançarina com o corpo levemente inclinado para um dos lados e mãos delicadamente para o alto. Ela parece estabelecer um diálogo com a parede ao lado, onde está pintada a imagem de um vaso azul e amarelo sendo remendado e reconstruído pelas mãos de duas pessoas.

Cada uma dessas duas imagens que foram pintadas na parede de um mesmo prédio residencial localizado na Avenida Pedroso de Morais, número 144, expressa estilo e linguagens diferentes. Mas elas foram feitas por meio de um trabalho colaborativo e estão lado a lado para lembrar os dois anos da guerra entre a Ucrânia e a Rússia e defender proteção ambiental. Chamado de The Exchange (o intercâmbio, em português), o mural está sendo inaugurado hoje (5) e é uma iniciativa do Instituto Ucraniano no Brasil.

A primeira imagem, a de uma dançarina imitando o movimento de borboletas, foi feita pelo famoso artista ucraniano Sasha Korban, em sua primeira visita ao Brasil. Para vir ao país, ele precisou pedir permissão especial do governo ucraniano. “Eu não estava participando diretamente do campo de batalha, mas como na Ucrânia está tendo guerra, os homens não podem atravessar fronteira [sem autorização]”, disse ele à Agência Brasil.

Korban ficou mundialmente conhecido por sua obra Milana, um mural pintado em setembro de 2018 em um prédio da cidade ucraniana de Mariupol. A pintura, uma menina de três anos abraçada a um urso de pelúcia, homenageou a pequena Milana Abdurashytova, que teve a mãe morta por um ataque de míssil russo enquanto tentava protegê-la. A pintura acabou se tornando um símbolo de resistência no país.

Imagem: DivulgaçãoUkrainian Institute une os artistas Eduardo Kobra Sasha Korban em mural no bairro de Pinheiros – Foto Paulo Pinto/Agência Brasil

A obra ao lado, que mostra borboletas emergindo de um vaso tradicional ucraniano rachado, é do artista brasileiro conhecido no país e no mundo: Eduardo Kobra. Muitas de suas obras, como o mural que pintou para a Organização das Nações Unidas, em Nova York – e que mostra um pai entregando o planeta para sua filha – têm como tema a preservação do meio ambiente e a construção da paz.

“Gosto de tratar de temas que falam de paz, de tolerância, de união dos povos, de respeito, de coexistência. Já venho há muitos anos trabalhando os murais com essas temáticas”, disse o artista brasileiro. “[Achei a ideia do mural conjunto] excepcional justamente para que possamos, juntos, por meio dos nossos pincéis e das nossas tintas – que são as nossas armas – passarmos essa mensagem pedindo o fim dessa guerra, que é um absurdo”.

“Acho que qualquer pessoa percebe o quão absurdo é qualquer tipo de guerra e eu acho que o mundo tem que se mover para que esse tipo de conflito cesse o mais rápido possível”, ressaltou Kobra.

União pelo mural

O primeiro encontro de Kobra e Korban no Brasil ocorreu em Itu, no interior de São Paulo, onde o artista brasileiro recentemente inaugurou seu ateliê. Foi ali que eles pensaram no desenho que estamparia as duas paredes do prédio. O trabalho de pintura teve início na última terça-feira (27).

“[No meu ateliê] pudemos discutir detalhes técnicos de proporção, de tamanho, de estética e de logística, e em como a gente iria fazer para organizar essa pintura”, disse Kobra. “Não é fácil [uma pintura como essa]. A gente pegou agora uma semana, ainda bem que não choveu, mas teve calor intenso, então é um trabalho realmente duro, mas, como costumo dizer, o mais importante não é a pintura em si, mas a mensagem, o argumento”, acrescentou.

Cada um com seu traço e suas cores, eles foram construindo esse mural conjuntamente, lado a lado. As borboletas de Kobra vão de encontro à bailarina de Korban e simbolizam o voo de liberdade que os ucranianos desejam alçar. Já o gesto das mãos, que se destaca em ambos os trabalhos, mostra a reconstrução de um país que foi destruído pela guerra. Com isso, o mural acaba se transformando em um tratado sobre união e paz e um manifesto pela proteção do meio ambiente.

“Quero fazer isso, desenhar algo que dê esperança ao nosso país e aos nossos povos, para que ainda possamos ser como vivíamos antes. Claro, a guerra teve sua influência em todo o povo ucraniano e para mim também. Eu sempre estava desenhando algo que dava esperança, que mostrava a vida e a vontade de viver. Mas depois que a guerra começou, minha arte começou a refletir mais essas ideias de esperança, de desejo de vida e a ideia de que vamos conseguir resistir e termos uma vida normal”, disse Korban. “Meus desenhos não são diretamente sobre guerra, mas mostram a humanidade na condição dessa guerra”.

Imagem: DivulgaçãoUkrainian Institute une os artistas Eduardo Kobra Sasha Korban em mural no bairro de Pinheiros – Foto Paulo Pinto/Agência Brasil

A dançarina, descreveu o artista ucraniano, é um símbolo dessa luta. “A minha parte do desenho é uma moça que está dançando, mas na verdade essa dança é uma luta, uma batalha. Em conjunto com a parte do mural do Kobra, ele demonstra a luta e toda a tentativa de preservar a natureza, porque eu sei que aqui no Brasil vocês também têm esse campo de batalha que é a preservação da natureza. O desenho mostra a tentativa de preservar a integridade da Ucrânia, de salvar a Ucrânia e, ao mesmo tempo, de salvar toda a natureza”, falou Korban.

Projeto

Unir Kobra e Korban no projeto de um mural no Brasil para celebrar a paz e a preservação do meio ambiente foi ideia do Instituto Ucraniano, uma instituição governamental que tem a missão de promover a cultura ucraniana. “Este é o nosso primeiro projeto no Brasil e inclui dois artistas, um ucraniano e um brasileiro, porque por meio da arte nós conseguimos falar não somente sobre os problemas que temos em comum, mas também das oportunidades e poderes que temos em comum”, disse Alim Aliev, diretor-adjunto do Instituto Ucraniano, em entrevista à Agência Brasil.

“Além de destruir muitos artigos de arte, muitas vidas e os destinos do povo, a guerra também está destruindo a ecologia e o meio ambiente. Hoje, a Ucrânia é considerada um dos territórios mais poluentes do mundo. Entendemos que se não nos mobilizarmos com essa tema hoje, juntos e com todo o mundo democrático, então amanhã nos espera um futuro muito difícil”, acrescentou Aliev, que também obteve permissão do governo ucraniano para vir ao Brasil.

Segundo o embaixador da Ucrânia no Brasil, Andrii Melnyk, a guerra transformou milhões de hectares da Ucrânia em campos minados, repletos de projéteis e substâncias químicas tóxicas, e causou uma destruição ambiental generalizada. Além disso, ela tem privado milhares de ucranianos do acesso à água potável. “Dois anos após a invasão em grande escala da Ucrânia pela Rússia, os danos ambientais deliberados causados pela guerra trouxeram consequências devastadoras para infraestruturas essenciais, recursos naturais, ecossistemas críticos e a saúde, meios de subsistência e segurança das pessoas”, disse ele em nota.

Aliev conhece bem essa realidade. “A Ucrânia, em geral, está em guerra. E por isso cada um faz alguma coisa que pode ajudar a criar a paz. Nós estamos perdendo nossas pessoas, perdendo nossos melhores conterrâneos. Eu, por exemplo, tenho amigos que agora estão no campo de batalha. Também tenho amigos e parentes que moram no território ocupado, porque eu sou da Crimeia, então eles estão sofrendo lá com essa situação de ocupação. Eu tenho muitos amigos que foram forçados a migrar para outros países. E por isso é muito importante conseguir alcançar essa paz, para que todo o povo que agora está espalhado pelos outros países possa voltar [para a Ucrânia]”, disse ele.

Para o diretor do Instituto Ucraniano, a arte pode ser importante instrumento nesse caminho de construção para a paz. “O artista é muito importante porque qualquer povo, qualquer país, sempre se une ao redor dos valores. A arte é muito importante porque podemos nos unir com base na confiança. E o que é essa confiança? Confiança é quando você conhece outro, quando você conhece suas tradições, quando você conhece suas culturas e seus costumes. E é somente por meio da arte que poderemos conquistar essa confiança um no outro”.

Edição: Graça Adjuto

Imagens: Divulgação – Foto abertura © Paulo Pinto/Agência Brasil

Mais em: EBC Agência Brasil 

Mais Acessadas

To Top