Infraestrutura

Macacos do Parque Ecológico de AMERICANA voltam a habitar a ilha após reforma no lago principal

Com o término do desassoreamento do lago do Parque Ecológico e da reforma nas ilhas dos primatas, sete macacos da espécie aranha de cara vermelha voltaram a habitar o local na sexta-feira(10). Para a segurança e conforto dos animais, eles foram transferidos para uma área fechada enquanto as obras estavam sendo realizadas.

No total, o Parque Ecológico abriga 13 macacos e nas próximas semanas as espécies aranha de testa branca e aranha de cara preta também irão retornar às ilhas do lago principal. A reforma incluiu enriquecimento ambiental, troca do gramado e instalação de novos abrigos. “Pensando na qualidade de vida dos animais, eles possuem agora um espaço mais amplo e tranquilo, além de melhorar a estrutura da ilha, dos brinquedos e das casinhas”, disse o diretor do Parque Ecológico, João Carlos Tancredi.

O secretário de Cultura e Turismo, Fernando Giuliani, enalteceu as conquistas e afirmou ter novos projetos para o Parque em 2020. “Todas as obras e manutenções realizadas no Parque Ecológico estão sendo feitas através da renda obtida na bilheteria. Além de melhorias na praça de alimentação, no playground e a construção de novos banheiros, concluímos a reforma completa em mais de 30 recintos. A nova proposta para a ilha dos primatas foi pensada no bem estar dos animais, além de seguirmos as determinações do Ministério Público, por meio do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). As obras no Parque não param e vamos continuar fazendo muitas melhorias neste ano”, disse o secretário de Cultura e Turismo, Fernando Giuliani.

Imagem: Divulgação

Mais em: Americana

Mais Acessadas

Início