Cinema

FIM – Festival Internacional de Mulheres no Cinema está com inscrições abertas para seu “Programa Mentorias”

Com o objetivo de fortalecer o protagonismo feminino no audiovisual e revelar novos talentos, o programa selecionará dez projetos de longas-metragens e séries dirigidos ou roteirizados por mulheres.

Os projetos receberão consultoria online de um grupo formado por dez mulheres líderes nos setores de criação, produção, distribuição e negócios, a fim de aprimorar seus formatos e narrativas e ampliar seus potenciais de mercado.

O FIM – Festival Internacional de Mulheres no Cinema foi criado em 2018, visando a equidade de gênero na indústria cinematográfica e a valorização de filmes dirigidos por mulheres. Em sua 2ª edição, que será realizada de 10 a 17 de novembro, o FIM apresenta o Programa Mentorias, que busca criar oportunidades de intercâmbio e desenvolvimento para novos talentos femininos do audiovisual.

Com curadoria de Minom Pinho, diretora e idealizadora do FIM, patrocínio do Itaú e da Avon, por meio do F.A.M.A – Fundo Avon de Mulheres no Audiovisual, além do apoio institucional do Projeto Paradiso e +Mulheres, o Programa Mentorias selecionará dez projetos de longa-metragem ou série, nos gêneros ficção e não-ficção, dirigidos ou roteirizados por mulheres. As inscrições podem ser feitas no site www.fimcine.com.br até o dia 20 de outubro.

“O Programa Mentorias FIM20 foca na troca de conhecimentos e experiências entre mulheres líderes do setor e novas promessas do audiovisual, de diferentes partes do país, etnias, idades e visões”, afirma Minom Pinho. Metade das vagas são destinadas para mulheres negras e indígenas. “Queremos articular uma rede de talentos femininos que colaboram entre si, gerando novas oportunidades e enfrentando os incontáveis desafios da indústria cinematográfica neste momento”, ela acrescenta.

Anunciados no encerramento do FIM20, os dez projetos selecionados receberão consultoria de um grupo de dez mentoras especialistas nas áreas de criação, produção, distribuição e negócios. Em encontros online individuais, as realizadoras e roteiristas terão oportunidade de tirar dúvidas, receber devolutivas e orientações das mentoras sobre como aprimorar os formatos e narrativas de seus projetos, ampliar seus potenciais de financiamento e aproximá-los das atuais demandas de mercado.

Formam o time de mentoras nesta edição: Ana Saito, produtora executiva da Gullane Entretenimento; Barbara Sturm, diretora de conteúdo na Elo Company; Clélia Bessa, sócia da Raccord Produções; Haná Vaisman, roteirista e gerente de conteúdo; Juliana Vicente, produtora, diretora e fundadora da Preta Portê Filmes; Justine Otondo, fundadora da Querosene Filmes e sócia do Ventre Studio; Krishna Mahon, criadora e apresentadora no grupo Band e responsável pela plataforma Imprensa Mahon; Mariana Oliva, CEO da Maria Farinha Filmes e documentarista; Renata Novaes, jornalista e diretora de conteúdo na plataforma Gente e uma das fundadoras do Diáspora, primeiro coletivo negro da Globosat; e Vânia Lima, diretora de criadora de conteúdo do Grupo Têm Dendê e diretora da Bravi.

FIM20

Alinhado com as agendas públicas nacionais e internacionais de equidade de gênero no cinema, o FIM – Festival Internacional de Mulheres no Cinema apresenta em novembro de 2020 a sua 2ª edição. Neste ano, em formato inteiramente online, permitirá que sua seleção de filmes, dirigidos e protagonizados por jovens e consagrados talentos femininos, chegue a públicos das mais diversas regiões do país. A programação trará a Mostra Competitiva Nacional, a Mostra Internacional (não competitiva) e Programas Especiais.

“Em sua 1ª edição, com uma homenagem à Zezé Motta, o Festival celebrou a presença e potência de mulheres atuantes no audiovisual, de todas as raças, origens, expressões e faixas etárias”, afirma Minom Pinho.

De acordo com a última pesquisa de gênero e raça publicada pela Ancine (Agência Nacional do Cinema), dos 146 filmes lançados nas salas de cinema brasileiros em 2016, menos de 20% tiveram mulheres na direção. Nenhum deles foi dirigido por uma mulher negra. “De lá para cá, tivemos longas-metragens com mulheres negras assinando a direção. Este é um pequeno avanço que precisa ser valorizado e acelerado por iniciativas como o FIM”, reforça a diretora do evento.

O FIM20 é uma realização da Casa Redonda, em parceria com a Associação Cultural Kinoforum. O Festival conta com o patrocínio do Itaú, copatrocínio da Avon, além do apoio do Projeto Paradiso, Grupo Mulheres do Audiovisual Brasil, + Mulheres – Lideranças do Audiovisual Brasileiro, Núcleos Criativos Latino-americanos e Imprensa Mahon.

FIM – FESTIVAL INTERNACIONAL DE MULHERES NO CINEMA

2ª edição, de 10 a 17 de novembro de 2020

Informações  e inscrições para o Programa Mentorias em www.fimcine.com.br (até 20/10)

Imagem: Divulgação

Mais em: FIM Cine e Sofia Carvalhosa Comunicação

Imagens: Divulgação – Ana Saito, Barbara Sturm e Renata Novaes estão no Programa Mentorias FIM20

Imagens: Divulgação – Clélia Bessa, Justine Otondo e Krishna Mahon também estão entre as mentoras

 

Mais Acessadas

Início